Neguinha é uma cadela que nunca foi mãe, mas adota e amamenta gatinha

O contato entre as duas, estimulou a produção de leite na cachorra.

Neguinha amamentando sua gatinha

Neguinha amamentando sua gatinha

Um caso um tanto curioso, mas não surpreendente, chamou a atenção dos moradores do Bairro Jardim São Paulo, em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá/MT. Um cadela, que nunca deu cria, começou a amamentar uma gatinha de cinco meses. Segundo uma médica veterinária, houve o estímulo do hormônio ocitocina devido o contato entre a cadela e a gatinha.

Segundo a dona dos animais, Elaine Dias, os animais começaram a dormir juntos todas as noites e, então, a Alice (gatinha) começou a mamar na cachorra (Neguinha).

Segundo a médica veterinária Fabíola Porfírio, normalmente, os filhotes de gato mamam até o segundo mês de vida, mas, Alice já conta com cinco meses. Ainda, segundo a médica veterinária, caso Neguinha pare de amamentar, ela pode vir a sofrer de uma doença chamada mastite, que é uma infecção na mama causada pelo acúmulo de leite.

Segundo a dona doo animais, elas não se desgrudam durante toda a noite e é muito bonito vê-las uma cuidando da outra.

A natureza tem os seus mistérios e, de fato, ser mãe transcende as espécies.

Não deixe de compartilhar esta história emocionante com todas as mães que conhece ;)

Assista abaixo o vídeo completo da reportagem do "Bom Dia MT".

por Frederico Monteiro